Get Adobe Flash player

"Bem-vindo ao jornal Juca Post on-line. Aqui você poderá conferir as principais notícias de Franco da Rocha e região em tempo real"

Developed in conjunction with Ext-Joom.com

Virada de ano

Pois é; senhoras e senhores, mais um ano começa. Eu, particularmente, não vejo motivos para comemorar uma virada de ano. Para mim, virada é sinônimo de começar tudo de novo: trabalhar, se irritar, se endividar, trabalhar mais e se ferrar.

Tenho pena de quem se ilude, vai à praia, viaja para o interior, faz promessas e coisa e tal, achando que tudo vai mudar simplesmente porque virou o ano.

As coisas só melhoram quando mudamos atitudes e para mudá-las não é preciso começar um novo ano! Correto? Não é preciso virar o ano para fazer um regime, começar a malhar, estudar, evoluir. Mas não, é preciso começar outro ano para mudar. O fato é que 99,9% das promessas de final de ano não são realizadas justamente por isso, por serem da boca para fora.

Enfim, além de ter a consciência de que nada muda com a virada, que depois do dia 31 de dezembro vem o dia 1º de janeiro e só, ela põe um ponto final no clima gostoso de fim do ano. Nada como a chegada de dezembro, aquela sensação de que acabou o ciclo, decoração de natal, viagem, dias de férias, festa de confraternização, amigo secreto, é tudo muito legal. Quando isso tudo acaba? Na virada. Geralmente depois dela tudo volta ao normal.

Sempre me preocupei com a virada do ano. Como seria? Se seria legal, o que eu poderia fazer para animar. Como se todo o ano seguinte dependesse de como seria a virada. Se fosse uma merda meu ano seria uma merda e ponto final. Aí era correr feito bobo pela praia, pular sete ondas correndo que nem um animal, cantar alto as musiquinhas patéticas de fim de ano, tentar beber, iniciar contagem regressiva de 10 segundos às 23h30, inventar dancinhas engraçadas para alguma música que esteja tocando etc. E no fim, a mesma merda de sempre. O ano vira, voltamos para casa, as férias acabam e toca mais um ciclo pela frente.

Outra coisa que vem com a virada do ano é a dívida. IPVA, IPTU, matrícula das crianças na escola, aumento de TODOS os preços e por aí vai. Preço da passagem do Busão subindo, aumento do seguro obrigatório, de taxa de inspeção veicular… Como alguém pode comemorar virada?!

Falando em dívida, neste ano, ganhei de presente 10 multas por passar esses radares de velocidade máxima de 40 Km na rodovia Tancredo Neves. Não tinha percebido que já tinha começado a funcionar. Cinco pra ir e cinco pra voltar. Me ferrei! Uma divida de 1.000 reais.

Para piorar, vejo nos jornais que o Brasil tem cerca de 12 milhões de desempregados. Como ficar feliz com isso? Enfim, a virada do ano será bom só para os políticos que não se ferram. Eles agora querem ferrar os juízes que estão ferrando eles...

Um abraço a todos e feliz 2017!

Texto: um cidadão brasileiro

fretado

Previsão do Tempo

Developed in conjunction with Ext-Joom.com

Classificados

 

 

 

 

Notícias lidas

Ver visitas de Artigos
235989